Estefânia e Gustavo

Mais uma linda história de amor <3

“Estranho seria se eu não me apaixonasse por vc…”

“Muitas vezes eu fico sem palavras para agradecer a Deus o presente que Ele me enviou”…
Sim, Gustavo é um presente de Deus… Desde que eu o conheci eu sabia que ele tinha algo de muito especial,
ele não era como os “outros”…
Ele dizia que iria cuidar de mim, e tem feito isto com tanto carinho e dedicação.
Nós conhecemos e logo foi nascendo algo tão puro e sincero, nos perguntávamos por que não antes …
Mas Deus sabe do tempo certo. Tudo no tempo de Deus
Hoje à certeza nos cerca, queremos estar juntos, nos amamos, ele me diz e eu digo a ele .. Nunca amei ninguém assim é diferente, logo sentimos a necessidade de estarmos mais juntos ainda é assim ficamos noivos um pedido lindo que meu Belo amor fez para mim e vamos nos casar em breve no ano de 2015.
Gustavo é a minha sorte de um amor tranquilo, quem acha que brigas é o que apimenta uma relação, não imagina o quanto um relacionamento calmo, traz paz e conforto ao coração. Nós tornamos nossa história surpreendente todos os dias…
Vivemos intensamente, com respeito, dedicação, carinho, amor, queremos passar o resto das nossas vidas juntos. Decidimos que queremos ter uma família porque agora sabemos que está sim é abençoada por Deus.
Nós amamos e queremos ficar para sempre juntos…

unnamed (5) unnamed (6)unnamed (8) unnamed (9) unnamed (7) unnamed (10) unnamed (11) unnamed (12)
Envie sua história <contato@finalmentenoivas.com>

Amor a distância

Recebemos cada história linda, fofa que a cada vez que leio me apaixono pelo amor desses casais.

Um amor a distância e que nada separa. A Uila conheceu Anton, e esse amor nasceu para ficar eterno. Uila mora atualmente na Alemanha, mais sua vida, já foi marcada em diversos países. Hoje ela veio contar como o amor dela não tem fronteiras. =)

“Olá meninas. Meu nome é Uila, tenho 24 anos e sou de Manaus.
Eu conheci o Anton on-line (no Skype) quando eu tinha 20 anos e ele 22, nos conhecemos dia 26 de outubro de 2008 (o histórico do Skype que nos deu essa informação depois, que nenhum dos dois lembrava, claro.) . Eu morava no Brasil e ele na Alemanha.Eu estava com passagem marcada pra Suíça em dezembro e resolvemos que iríamos nos conhecer pessoalmente quando eu estivesse lá.Dia 27 de dezembro de 2008 nos conhecemos pessoalmente, depois de conversarmos dois meses on-line. Nós começamos a ficar no dia em que nos conhecemos, com 5 dias ele disse: “I am in love with you” e eu respondi “I am in love with you too”. Nos declaramos apaixonados em 5 dias! Loucura? Premonição que era pra ser mesmo e dizer com 5 dias ou 5 meses não faria diferença? Não sei.Todo final de semana nós nos víamos, fosse ele indo pra Suíça me ver ou eu indo pra Alemanha. Dia 26 de janeiro de 2009, um dia antes de completarmos um mes ficando (mas, como sabemos graças ao Skype, exatos 3 meses de que nos conhecemos on-line), começamos a namorar.Essa decisão de namorarmos era bem mais complicada e séria que o seu típico começo de namoro. Afinal de contas, em poucas semanas eu estava voltando pro Brasil e ele ficaria na Alemanha. Ele, nascido no Kazaquistao, era neto de alemães e se mudou com a mãe pra Alemanha quando ele era criança ainda. Tanto ele quanto a mãe perderam a cidadania Kazaque pra receber a cidadania alemã. Eu, bisneta de alemães nasci e fui criada em Manaus – Amazonas, saindo de lá só pra viajar. Tinha morado os 20 anos da minha vida na mesma casa (onde minha mãe, avó e irmão moram até hoje). Isso tinha chance de dar certo?
 
Quando eu tinha 15 anos eu pedi pra aprender alemão. Minha mãe me disse não  que era uma língua que eu nunca precisaria na minha vida. Waste of time, really. De vez em quando eu a lembro disso hoje em dia. Como eu não falava alemão, nos comunicávamos em inglês. Dia 11 de fevereiro de 2009 (sim, sou boa com datas) eu voltei pro Brasil. Eu e Anton passamos 5 meses separados e dia 6 de julho de de 2009 eu cheguei visita-lo na Alemanha por um mês. Ele me levou por um final de semana pra Paris e Eurodisney de surpresa pra comemorarmos nossos 6 meses de namoro. Tivemos um mês maravilhoso e eu retornei pro Brasil dia 5 de agosto de 2009.Em outubro já estava decidido que eu me mudaria pra Alemanha e que iríamos morar juntos. Comecei os preparativos pra me mudar de país. Dia 31 de janeiro de 2010 eu cheguei na Alemanha, pra morar com meu namorado. Eu tinha 21 anos e ele 23.Foi muito estressante no começo, sairmos de um relacionamento onde nos víamos somente on-line, mesmo que todo dia direto pra parte do relacionamento onde fomos morar juntos. Os dois estavam acostumados com as mães por perto ajudando com as coisas (ele saiu da casa da mãe pra ir morar comigo) e acabamos terminando. Ficamos terminados por 5 meses. Desse tempo uns dois meses eu ainda morava com ele, até conseguir um apartamento pra alugar só pra mim. Durante o tempo em que morei com ele e mesmo depois que me mudei pro meu apartamento, continuávamos ficando frequentemente. Depois de dois meses e meio que eu tinha saído do nosso apartamento pra ir morar só, nós voltamos a namorar e nunca mais terminamos. Pra falar a verdade eu mal considero isso um termino, pois nunca deixamos de nos amar ou de nos ver. Mas conto de qualquer maneira pois isso é a vida real e não um filme de cinema, não quero fantasiar as coisas.
 
Quando voltamos, mesmo eu tendo meu flat, eu não dormia mais lá. O flat virou um depósito das minhas coisas e roupas e eu só passava as manhas e tardes lá pra brincar e alimentar o meu furão Bandit. E limpar também. heheFinal de janeiro de 2011 eu tive que voltar pro Brasil, pois não consegui renovar meu visto. Me falaram que eu teria que passar 3 meses no Brasil para poder retornar a Alemanha. Então foi isso que eu fiz. Passei fevereiro março e abril de 2011 em Manaus. O Anton foi me visitar por duas semanas em março, foi a primeira vez que ele foi no Brasil. Ele amou a comida de Manaus, principalmente os peixes (os melhores do mundo! tambaqui, pirarucu e vários outros… hmmm uma delicia!).Final de abril eu estava de volta a Alemanha. Passei os três meses do visto de turista mais um mês que eles me deram aqui (totalizando 4 meses de uma vez) e, de novo, não consegui renovar meu visto. Eu chorei, o Anton chorou. Eu disse que tinha tido o suficiente de ir e voltar, que não sabia se aguentaria ir pro Brasil por mais 3 meses só pra voltar pra Alemanha e ser negada DE NOVO! Ele disse que não queria viver sem mim e que nós iríamos nos casar, se eu quisesse, claro. Em meio de lagrimas e sorrisos resolvemos que íamos nos casar quando eu voltasse pra Alemanha depois de passar mais 3 meses no Brasil.Final de agosto eu fui pra Manaus, de novo. Passei 3 meses lá e o Anton foi pro Brasil pela segunda vez me visitar. Ele foi em outubro, pro meu aniversário. Passou duas semanas de novo, mas dessa vez também fomos pro Rio de Janeiro por alguns dias. Ele voltou pra Alemanha em outubro mesmo. Em dezembro foi a minha vez.Enquanto eu estava no Brasil, eu fiz todos os papeis pra podermos casar aqui. Mas como os papeis só eram válidos por 90 dias e teriamos que casar nesse período de tempo, não poderiamos planejar uma festa, teria que ser um casamento só no cartório.
 
Já que decidimos nos casar entre choros e abraços depois de finalmente nos darmos conta que a situação do meu visto mais cedo ou mais tarde nos separaria se nao cassássemos. Iriamos casar eventualmente de qualquer maneira algum dia, so aconteceu antes. Enfim, meu marido me chamou dia 2 de janeiro, exatamente um mes antes de casarmos e tocou a musica “Marry you” do Bruno Mars no piano pra mim, super nervoso. depois, ele me pediu pra olhar pela janela, e isso é o que eu vi:
 
 
Nos casamos na Dinamarca, pois apesar do Anton ser cidadão alemão ele não nasceu aqui e teria que ir pro kazaquistao renovar a certidao de nascimento dele! Na Dinamarca eles não exigiam a certidao de nascimento atualizada, contanto que tivesse a original traduzida e todos os outros papeis estivessem em ordem. Nosso prazo tava correndo nos 90 dias. Foi assim que nos casamos no cartório na Dinamarca, mas em alemão. A juiza de paz realizava a cerimonia em alemão. Somos um casal definitivamente internacional! Suiça, Brasil, Kazaquistao, Alemanha, Dinamarca… Nos casamos dia 02/02/2012, quando eu tinha 23 anos e ele tinha 25 anos. Eu e meu marido fizemos um ano e seis meses de casados ontem. Nós nos amamos demais. Cada dia mais, se é que isso é possível!Temos dois gatos ragdolls que são nossos amores. Somos felizes. Mas ainda queremos (eu principalmente) nos casar na igreja, já que o limite de tempo quando nos casamos no cartório não permitiu que fizessemos festa ou que tivessemos ninguém perto, já que foi na Dinamarca e só soubemos a data com certeza uma semana antes. Eu queria que nos casassemos dia 26 de janeiro de 2012, quando fizemos 3 anos de namoro. Mas eu amo a data do meu casamento 02/02. Fácil de lembrar e bem simbólica, na minha opinião.
 
Nós não pretendemos morar no brasil, nossa vida é aqui na Alemanha. Mesmo se não der pro meu marido, eu vou ao menos uma vez ao ano visitar minha família. Ele foi agora em 2013 comigo, comemoramos um ano de casados lá e voltamos no Valentine’s day pra cá.Desculpem pela história enormeee, e se voces leram tudo, parabéns e obrigada!”
76023_1748331031273_4142305_n
75115_1747862979572_2514605_n
482622_10200908998510412_1856610585_n (1)
64849_10201743912702745_398444557_n


 Que história emocionante… Ai (chorei) rss…

Uila, felicidades para vocês, que esse amor cresça a cada dia mais!

 

 

História

Fran e Laerte

 Meninas estou um pouquinho sumida, mas é claro que não esqueci de vocês. E hoje vim postar a história da minha chará ” Fran” , ela é de São Paulo e também tem um blog o Respire e Case, e claro que eu sempre fico de olho em todas as postagens. Informação nunca é demais ..rss! A Fran me mandou sua história de amor.

Conta ai Fran …

“Tudo começou numa sexta feira, quando eu fui á uma balada perto de casa, chamada Line (Hoje é a atual Santé em Alphaville), fomos eu e mais 2 amigas.Logo quando entrei já olhei para o Laerte, que automaticamente me encantei, um mestiço (adoro um japa), pensei ‘’Esse eu vou, hein…’’, só que não contava q uma das minhas colegas era prima dele. Durante a festa comentei com ela ‘’Você está bem de primo, hein minha filha.’’, daí ela disse q ia comentar isso com ele, disse q não, porque queria jogar meu charme (rsrsrs..).Mas não me deu ouvidos, e foi ela conversar com ele, e fiquei quase do lado morrendo de vergonha (nunca tinha ficado assim antes, alguma coisa estava acontecendo…). Depois da conversa, ele falou comigo para irmos no canto para conversar melhor..Conversar??? não houve nem um pio… kkkkk, só beijo…naquela hora estava no céu, nas estrelas, em qualquer outro lugar maravilhoso, menos em uma balada.E meu coração batia tão forte, alguma coisa realmente estava acontecendo…. Depois de uma noite ótima, e outros dias de muitas conversas e trocas de mensagens…Estava nós conversando por SMS, quando ele me disse “Desse jeito vou querer namorar com você…” meu coração batia forte, saí pulando na sala…rsrs, mas respondi assim: ” Isso deve ser perguntado olhando nos olhos…”, então acabamos que nos encontramos e me puxou no canto e disse: “e sobre aquela mensagem hein?” ou seja, o SMS sobre namoro,eu disse q  aceitava, e ele sorriu e me beijou, a partir da meia noite, no dia 08 de junho de 2007, começamos uma linda historia de amor…

Quando fizemos 5 anos de namoro, fiz uma surpresa para ele. Decorei a sala com bexigas de coração, espalhei fotos nossas nas paredes, fiz 5 cupcakes (cada um celebrando 1 ano de namoro), e um bolo de cenoura em forma de coração (que nós amamos…rsrs), e fiz um caça ao tesouro, para achar o presente dele, que era uma blusa linda de frio e espalhei vários corações. Ele adorou…ele disse que adora minhas brincadeiras…rsrs .Depois disso fui na cabeleireira me arrumar, pois nós tínhamos combinado de ir para o Outback para comemorar…Saímos de lá, e o Laerte falou: ” Vamos para um lugar especial namorar um pouco?” Disse que sim.Chegamos no nosso lugar, onde ficamos pela 1º vez juntos. Estacionou o carro, abaixou o volume do rádio e disse: ” Há 5 anos atrás, estávamos aqui nesse mesmo lugar e hoje quero oficializar o nosso amor…” Nessa hora ele tira do bolso uma caixinha, já comecei a chorar…Era a aliança mais lindas que eu já tinha visto. Fiquei boquiaberta, chorava e ria ao mesmo tempo. Foi uma noite muito especial e das mais felizes da minha vida!!

Estamos com 5 anos, e creio q toda essa história louca, romântica e engraçada, foi escrita por Deus…”

Fran , muitas felicidades , adorei a história… Vem casamento por aii =)

 

 

 

História

Thamires e Takeshi

O amor encanta os desencantados… É cada história que recebo , que é impossível não se encantar com tanto AMOR… Hoje a Thamires veio contar um pouco da sua história de amor…

“Eu conheci o meu namorado( o Takeshi) em um momento bem tumultuado da minha vida, eu estava com 16 anos, era ano de vestibular e também foi o ano em que minha irmã nasceu e como eu não tinha tempo para nada a última coisa que eu estava procurando era um namorado…rsrs mas como a gente não manda no destino… Um belo dia um amigo meu me pediu para entrar na comunidade da banda dele e pediu para eu divulgar, eu entrei e falei para uma amiga minha entrar, ela queria participar de um dos tópicos que tinha na comunidade que era para responder beijo ou passo… Eu só concordei em comentar se ela comentasse depois de mim, só que por obra do destino depois q eu comentei a internet dela caiu, e quem comentou depois de mim foi o meu amor, porém ele botou uma carinha e não escreveu nada, eu fiquei encantada com a foto dele e tomei coragem, entrei no orkut dele e perguntei o q era aquela carinha, daí nós começamos a conversar, uma semana depois nos encontramos ( fomos ao cinema) e eu me apaixonei por ele, fiquei mais encantada ainda com o jeito dele me tratar, eu tava nas nuvens com ele ao meu lado e eu sabia que nunca mais ia conseguir ficar longe dele, no outro dia ele já estava aqui no meu prédio, mais uma semana se passou e ele vindo aqui durante todos os dias da semana, estudar para que né? Rsrs  e quando tinha apenas 2 semanas que tínhamos começado a se falar pela internet ele me pediu em namoro, e eu aceitei, pois tinha certeza que tinha conhecido  o amor da minha vida. E estamos juntos a 4 anos e 10 meses, mês que vem (26/08) faremos 5 anos de namoro e ano que vem pretendemos noivar.”

Que história linda…Felicidades e muito amor! Estou esperando o noivado =)

 

História

Luna e Igor

Quero começar esse post dizendo que , o AMOR supera TUDO mesmo, e que história incrível é essa da Luna e do Igor, realmente não é para qualquer um ter um amor assim, a distância é muito difícil mesmo, eu não me imagino namorando com alguém que esteja longe. Mais DEUS faz tudo perfeito, e é por isso que a história da Luna é linda e cheia de amor… Ahh!! vou parar de contar aqui, deixa ela falar…..

“Minha história com o Igor começou parecendo que não ia durar, na verdade eu tinha colocado aquilo na minha cabeça e ele pensava o mesmo, o motivo? Mais óbvio impossível não dava pra sustentar namoro a uma distância tão grande como a entre Belém e Rio. Mas, quem disse que o amor é feito de óbvio né? Dia 20 de janeiro de 2008 foi o domingo que tinha tudo pra não dar em nada, eu passando as férias no Rio em um dia nublado sem perspectivas de sair, mas foi justo nesse dia que eu conheci o amor da minha vida, a mãe dele ligou e convidou eu e minha mãe pra sair, era a última cartada do domingo; no começo a gente nem se falava, andávamos um do lado do outro, um mais tímido que o outro até que surgiu um assunto, comida, acredite se quiser, eu sugeri de ir ao mc donalds fazer um lanche e a mãe dele disse que ele não comia nada de lá e começou a contar tudo que ele não gostava, na hora eu me identifiquei com o assunto, logo eu que não gosto de arroz e feijão, sim acredite se quiser de novo, e do que eu vivo? Depois eu conto xD….

Desde aí não paramos mais de conversar, eu já tinha achado ele um gatinho, depois de muito papo eu comecei a me interessar, mas fiquei na minha, até que ele pergunta do nada se eu tinha namorado, 3 dias depois estávamos todos dois ainda tímidos dando nosso primeiro beijo no cinema assistindo “P.s. Eu te amo” que aliás é o nosso filme e a nossa trilha sonora.
Depois desse começo passamos por um período bem difícil, não queríamos assumir nada e eu não tinha previsão de ir no Rio e vice versa, era ano de vestibular, passamos 1 ano e meio sem se ver, fingindo que éramos só amigos, nos enganando na verdade, mas nos falando todo santo dia, quando nao dava pelo msn, mandava sms, ligava, email… A gente não queria admitir que não tirava um o outro da cabeça, e que estávamos apaixonados. Confesso que se não fosse por ele não teria suportado tanta barra daquele ano. 

Eis que em 2009 surgio a oportunidade de ir em julho, denovo com a minha mãe, ela ia a trabalho e eu pra “passear”. Não me lembro de sentir tanta felicidade revendo alguém como no dia que nos reencontramos, cara aquilo ja tava intenso demais, trocamos até juras de amor, começamos a namorar escondidos, foi tudo perfeito, até se aproximar o dia de eu vir embora, a gente ainda sentia insegurança, muita, e decidimos terminar, se eu chorei 1 semana direto, foi pouco, foi horrível acabar com uma coisa que mal tinha começado mas que já era tão cheia de sentimentos. Depois que eu vim pra Belém a gente bem que tentou se falar menos, tentar esquecer, mas foi inevitável, em janeiro eu já estava lá de novo e aí no dia 17 de janeiro de 2010 nos assumimos o namoro de verdade, pra todo mundo saber e assumindo todas as dificuldades, desde então a cada 3 meses no máximo nós fazemos a ponte aérea, ele aqui ou eu lá, o importante é ficar pertinho. Namorar a distância é difícil, até brigar é mais difícil, imagina só pela webcam xD… 

Temos 2 anos e 6 meses de namoro mas a quase 5 anos o Igor me faz a mulher mais feliz do mundo e eu faço de tudo para fazer ele mais que feliz, ano que vem vamos ficar pertinho(chega de tanta saudade), se Deus quiser, to contando os dias e daí pro noivado vai faltar pouco ^^…. 

Bom essa é minha história com o igor espero que tenham gostado!”

Luna, que venha o noivado e o casamento…. Sua história é lindíssima, e tenho certeza que tem muitas experiências para compartilhar conosco.

Felicidades e muito amor…

História

Maíra e Kleber 

Hoje vou fazer um post especial para minha amiga Maíra, conheço ela a muito tempo, estudamos juntas, e até hoje mantemos essa amizade, ela está noiva do Kleber, e esse ano irão casar =)) , domingo agora dia 08/07 será o chá de panela (onde iremos nos divertir bastante – breve fotos). Por isso decidi fazer um post especial contando um pouco da história desse casal. Realmente a história deles é linda, e mostra como não dá para ficar longe quando há amor …..

E ela veio contar um pouco como tudo aconteceu até chegar esse ano que acontecerá o tão esperado DIA !!!

” Nos conhecemos quando eu tinha 12 anos e ele 17 , pra muitos é muita diferença de idade , mas pra gente não era nada . Com muitas idas e vindas e algumas brigas. Acabamos conhecendo outras pessoas e por algum tempo até nos separamos , tentamos esquecer um ao outro mas o destino sempre mexia os pauzinhos para que tudo acabasse bem. Amadurecemos o relacionamento e crescemos . Com isso mudamos o jeito de pensar e de agir , melhorando o namoro . Hoje ser irremediavelmente nós dois : é e será pra sempre o nosso destino, pois mais do que nos conformar, nos alegramos com isso. E a possibilidade de não ter um a outro por algum dia, não nos da medo ,mas sim , apavora. Como nós poderíamos viver sem o carinho um do outro e sem o conveniente colo um do outro para servir de travesseiro ? Como poderíamos ser felizes sem o conforto das palavras ditas nos momentos certos , sempre meigas e otimistas? Descobrimos que nos completamos como ser humano .  E então no dia 13 de Outubro de 2012 e de agora em diante será para sempre NÓS ! . Essa nova etapa de nossas vidas será marcada para todo o sempre .Dizer um sim é algo muito valioso … agora o sim não será somente para as leis do homem ,mais sim ,para as leis de Deus . Percebemos que ficar junto é o que nos completa, e o que nos deixa feliz , não falta dúvidas e nem razões quando nos perguntam se temos certeza do que estamos prestes a fazer , afinal passamos por muitas indas e vindas durante esses 9 anos e 5 meses . Mas o que sempre respondemos é que erros são cometidos e imperfeições todos nós temos e é diante disso que o amor se manifesta sem exigências e sem cobranças , apenas descobrimos que nada mais nos importa a não ser ficar juntos . Enfrentaremos dificuldades , brigas , mas chegamos a conclusão de que não buscamos o amor perfeito , até porque ele não existe , essas coisas são bem normais em um relacionamento e por um lado é até bom para o amadurecimento do casal . Aprendemos que o segredo da felicidade é não esperar nada um do outro ,evitamos criar espectativas e deixamos que os acontecimentos nos surpreenda e assim conquistamos esse amor que acada dia cresce mais e mais . Aprendemos com os nossos defeitos e assim criamos novas qualidades . E que seje eterno enquanto dure e que sejá para SEMPRE !”

Maíra e Kleber felicidades nessa nova etapa, que Deus continue abençoando esse relacionamento, que cresça com muito amor e que dê muitos frutos =))…. Já estou ansiosa pelo casamento (tenho certeza que será lindo).

Essa foi a história da Maíra, espero que tenham gostado =)

História

Camila e Thales

Meninas, fiquei muito feliz quando recebi a história da Camis (como ela é conhecida pelas amigas), ela é amiga da minha prima Regiani e tive o grande prazer de conhecê-la , ela é super fofa ! Hoje ela veio compartilhar conosco a sua história de amor. Como eu disse o site é para todas, e a Camis é a futura noiva do Thales, e breve ela contará outros momentos especiais da sua história.

“No dia 30/01/10 foi quando eu conheci meu amorzinho. Eu estava na comemoração do aniversário de um amigo no Club Six, quando ele se apresentou, conversamos, trocamos telefone, email (msn) e no dia seguinte já estávamos conversando como se tivesse uma vida que um conheceu o outro. Mantemos contato por um tempo à distância, era perto do carnaval e logo viajei, nos falávamos por telefone todo dia. Quando estava para voltar para o Rio de Janeiro combinei de me encontrar com ele em um domingo no centro da cidade, era o último dia de carnaval e como todo fim de carnaval era dia de Monobloco (21/02/10), mas como ele mora em São Gonçalo e eu na Penha, essa era a maneira que dava rs…

Ficamos de nos ligar assim que chegássemos no Centro, mas os dois celulares estavam sem sinal e por uma obra do destino fomos nos encontrar na fila de um banheiro em uma das diversas ruas por onde o bloco passava. Nesse mesmo dia ele pediu pra namorar comigo, e eu já toda derretida, aceitei. Teve quem duvidasse que nosso namoro fosse durar, afinal, não nos conhecemos num lugar comum, não começamos a namorar num lugar comum, aliás, começamos a namorar na segunda vez que a gente se viu e além de tudo isso uma Ponte separava o nosso amor.

Mas como o amor verdadeiro supera tudo estamos juntos há 2 anos e 4 meses e muito felizes, agora só falta o noivado e o SIM rs :)”.

Alguns de nossos momentos : 

Dia dos Namorados 12/06/12

Camis, linda a sua história, dá para ver como vocês se divertem juntos. Que esse Amor cresça a cada dia mais forte. E que venha logo o noivado e o casamento. Estou ansiosa para compartilhar mais dos seus momentos aqui no site!! =) beijos….